Home / Blog / A SOLIDEZ MATRIMONIA

A SOLIDEZ MATRIMONIA

“A armação de madeira bem presa à construção não se desconjuntará por um tremor de terra. Assim um coração assentado em decisões bem refletidas não se deixa abalar no momento crítico. Um coração apoiado em reflexões sábias é como ornato de emboço em muro polido” (Eclo 22, 16-17)  É melhor a perseverança inabalável na busca do Senhor do que, sem mestre, levar adiante a própria vida. (Eclo 20, 32)  “Senhor manso e humilde de coração, fazei o nosso coração semelhante ao vosso. Fazei-nos viver o amor e a reconciliação” (Ladainha do sagrado Coração de Jesus).

Terminamos a matéria do mês anterior afirmando que o exercício da paciência, além de nos libertar do contágio do estresse e dessa desastrosa carga emocional dos impacientes, nos aproxima das pessoas que conosco convivem, que vêm em busca de aconselhamentos para também experimentarem essa paz obtida que nos alimenta e dá a satisfação e a alegria de simplesmente viver.

– Perseverança: Para se obter um resultado satisfatório e com o prazer de ter lutado até o fim, principalmente para não ficar aquela sensação de algo inacabado ou que não se extinguiu naturalmente, muitas vezes precisamos ser, além de pacientes, também perseverantes, ou seja, jamais desistirmos de nossos propósitos e desejos, vez que sua materialização só ocorrerá se não abandonarmos nosso ímpeto de realização e a vontade do resultado final.

A perseverança é virtude pessoal, é acreditar e apostar na reconstrução sempre que necessário, é ter sagacidade e tenacidade para persistir (continuar), é ser assíduo e constante, é recomeçar; aliás, a beleza da vida é sabermos que poderemos sempre recomeçar em qualquer momento ou com qualquer idade; então, é decisão pessoal e pode ser exercitada.

No matrimônio é o não abandonar o barco mesmo quando tiver que enfrentar as tempestades da vida, é ter clara consciência de que é mais fácil seguir em frente junto com alguém conhecido trabalhando conjuntamente as dificuldades de cada um, inclusive os defeitos, do que tentar a sorte com uma mudança radical de vida e de parceiro, o que poderá trazer, com frequência, obstáculos maiores e até intransponíveis, pois defeitos e problemas todos têm; portanto, mais fácil trabalhar aqueles que já conhecemos.

Até mesmo quando pedimos ou necessitamos de alguma coisa de que   dependemos de terceiros para obtê-la, só nos resta a paciência e perseverança na expectativa, até que se obtenha o resultado, do contrário, ao desistirmos, sairemos sem que sejamos atendidos, e, não raras vezes, sairemos frustrados.

Ser perseverante é, sobretudo, acreditar na própria potencialidade de que sempre conseguirá obter resultado satisfatório, jamais desistir ou abandonar os propósitos no meio da empreitada; seguir até o fim e ter a firme convicção de que já é vitorioso apenas pela luta e empenho despendido, sem a cobrança de resultados, o que, normalmente é consequência.

Maio, mês das mães e dedicado a todas as mulheres. Momento oportuno para demonstrarmos para as mulheres de nossas vidas todo o nosso amor e admiração por elas, lembrando-as do quanto são importantes em nossas histórias. Parabéns a todas as mulheres e, em especial, a todas as mães.

Com amor e carinho.

Cirso Teodoro da Silva -cirso@cts.adv.br

3019-8990 * 3027-8991 * 9116-6741

Continuamos atendendo dentro do Projeto da Pastoral da Escuta do Santuário – com orientação jurídica, orientação familiar e escuta pastoral em geral, sempre com hora marcada: na Secretaria Paroquial ou diretamente pelos telefones: 3027-8991 * 3019-8990 * 9116-6741 com Cirso Teodoro.

Sobre Santuário São José

avatar

Além disso, verifique

Grande Festa em Celebração ao Jubileu de 60 anos da Paróquia São José

Grande Festa em celebração ao Jubileu de 60 anos da Paróquia São José – Capão …