DIAS QUE OCORREM

Reuniões e formações em datas específicas.

OBJETIVOS

LITURGIA, vem da língua grega: laos (povo e ergon = acão, trabalho, serviço, ofício), podendo então afirmar que Liturgia é: ação, trabalho, serviço do povo e realizado
em favor do povo; hoje diríamos: Serviço público.

Antes do Concílio Vaticano II (1965 a 1968) a Liturgia Cristã era reduzida somente à ministros ordenados (bispo, padre). A assembleia (povo) era um participante inativo, assistente, sem participação e muito menos compreensão do que ouvia e via, pois o Celebrante rezava em latim, de costas para o povo. Esta forma de celebrar era Ritualista, e não buscava a Ação conjunta de prestar louvor a Deus.

Pós Concílio Vaticano II, a Igreja retoma, então o sentido da Liturgia = Ação do povo batizado em união com Deus para no dinamismo propiciar a ação participação  plena e consciente do povo. Liturgia é a manifestação amorosa de Deus em favor da VIDA. Esta ação criadora, libertadora, transformadora e santificadora nos atinge, nos torna agentes participativos numa profunda aliança de amor e compromisso. Quando celebramos  estamos fazendo o elo da Tríplice aliança: Ação realizada por Deus em Jesus Cristo e, através do Espírito Santo em nós e através de nós para toda humanidade.